01 Item

Produtos com o mesmo princípio ativo
Tamanho do texto
Tamanho do texto

Bula do Alergomine

Principio ativo: Maleato de dexclorfeniramina..

Tenha cuidado, leia a bula, a automedicação pode colocar a sua saúde em risco. Só use medicamentos com orientação médica e/ou farmacêutica.

Para que serve o Alergomine e para que é indicado?

ALERGOMINE® é destinado para:

  • Alergia;
  • Prurido;
  • Rinite alérgica;
  • Urticária;
  • Picada de inseto;
  • Conjuntivite alérgica;
  • Dermatite atópica (um tipo de inflamação na pele);
  • Eczemas alérgicos (dermatite).

Como o Alergomine funciona?

ALERGOMINE® é um anti-histamínico (antialérgico), por isso ajuda a reduzir os sintomas da alergia, prevenindo os efeitos da histamina, que é uma substância produzida pelo próprio organismo

Quando o Alergomine não deve ser usado?

Este medicamento é contraindicado em pacientes com hipersensibilidade aos componentes da fórmula ou a outros anti- histamínicos de estrutura química similar. 

ALERGOMINE®, como os demais anti-histamínicos, não deve ser usado em prematuros ou recém-nascidos e em pacientes que estão fazendo uso de inibidores da monoaminoxidase (IMAOs).

Este medicamento é contraindicado para menores de 2 anos.

O que preciso saber antes de usar o Alergomine?

PRECAUÇÕES E ADVERTÊNCIAS

Advertências

Mantenha este medicamento fora do alcance das crianças e animais domésticos. 

Não permita que outra pessoa utilize este medicamento e não o utilize para tratar outras doenças. 

Não utilize este produto com maior frequência ou em doses maiores do que o recomendado na bula.

Se você teve qualquer alergia séria ou qualquer reação incomum a outro produto para alergia, tosse ou resfriado, ou se você desenvolveu algum tipo de reação enquanto estava tomando ALERGOMINE®, entre em contato com seu médico ou farmacêutico antes de continuar o tratamento com este produto.

Este medicamento pode afetar o comportamento de algumas pessoas, tornando-as sonolentas, com tontura e estado de alerta diminuído. 

Tenha certeza de como você reage a este medicamento antes de realizar atividades que possam ser perigosas se você não estiver alerta.

Durante o tratamento, o paciente não deve dirigir veículos ou operar máquinas, pois sua habilidade e atenção podem estar prejudicadas.

Não se esqueça de dizer ao seu médico ou farmacêutico, antes de iniciar o tratamento com este produto, se você tem:

  • Glaucoma ou algum outro problema ocular;
  • Problemas no intestino ou estômago;
  • Úlcera;
  • Próstata aumentada;
  • Entupimento das vias urinárias ou dificuldade em urinar;
  • Doença no coração;
  • Pressão alta;
  • Problemas na tireóide;
  • Problemas respiratórios

Pois este medicamento deve ser usado com cautela nestas situações.

Este medicamento pode causar doping.

Precauções

Os antialérgicos têm efeito aditivo com o álcool e outros depressores do Sistema Nervoso Central, como sedativos, hipnóticos e tranquilizantes.

Uso em idosos

Em pacientes com mais de 60 anos poderá causar maior sonolência, vertigem e pressão baixa.

Uso em crianças

Os antialérgicos podem causar excitação em crianças.

Uso durante a gravidez e amamentação

A segurança durante a gravidez ainda não foi comprovada. 

ALERGOMINE® poderá ser utilizado durante os primeiros dois trimestres de gestação somente se claramente necessário e sob estrito acompanhamento médico.

Este produto não deverá ser utilizado durante o terceiro trimestre de gestação porque recém-nascidos e prematuros poderão apresentar reações severas aos anti-histamínicos. 

Não foi comprovado se o ALERGOMINE® é excretado no leite materno e, portanto, deve haver precaução na administração a mulheres que estão amamentando.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Interações Medicamentosas

Interações medicamento-medicamento

Os IMAO’s prolongam e intensificam os efeitos dos antialérgicos, podendo ocorrer hipotensão grave, barbitúricos e depressores do SNC podem potencializar os efeitos sedativos da dexclorfeniramina, antidepressivos tricíclicos. 

A ação dos anticoagulantes orais pode ser diminuída por anti-histamínicos. 

Depressores do Sistema Nervoso Central como sedativos, hipnóticos e tranquilizantes, pode 

potencializar os efeitos sedativos.

Interações medicamento-doenças

A epilepsia pode potencializar os efeitos sedativos.

Interações em testes laboratoriais

Comunique seu médico ou farmacêutico se você for fazer algum teste de pele para detectar alergia. 

O tratamento com maleato de dexclorfeniramina deverá ser suspenso dois dias antes da execução do teste, pois este medicamento poderá afetar os resultados.

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

Onde, como e por quanto tempo posso guardar o Alergomine?

Conservar em temperatura ambiente (entre 15 e 30°C). Proteger da luz.

Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.

Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original. Para sua segurança, mantenha o medicamento na embalagem original.

Características

ALERGOMINE® apresenta-se na forma de solução límpida, levemente amarelada, isenta de partículas estranhas, com odor característico de damasco, laranja e mentol.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.

TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.

Como devo usar o Alergomine?

USO ORAL

Adultos e crianças maiores de 12 anos: 

5 mL 3 a 4 vezes por dia. 

Não ultrapassar a dose máxima de 12 mg/dia (ou seja, 30 mL/dia).

Crianças de 6 a 12 anos: 

2,5 mL três vezes por dia. 

Um máximo de 6 mg diários (ou seja, 15 mL/dia). 

Crianças de 2 a 6 anos: 

1,25 mL três vezes por dia. 

Um máximo de 3 mg diários (ou seja, 7,5 mL/dia).

Siga corretamente o modo de usar. 

Em caso de dúvidas sobre o medicamento, procure orientação do farmacêutico. Não desaparecendo os sintomas, procure orientação de seu médico ou cirurgião dentista.

O que fazer quando eu me esquecer de usar o Alergomine?

Se você se esquecer de tomar uma dose na hora certa, tome-a assim que possível e depois reajuste os horários de acordo com esta última tomada, continuando o tratamento de acordo com os novos horários programados. 

Não dobre a dose para compensar a dose esquecida.

Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico, ou cirurgião-dentista.

Quais os efeitos colaterais e as reações do Alergomine?

Poderá ocorrer sonolência leve ou moderada durante o uso deste medicamento.

Reações Comuns (ocorrem entre 1% e 10% dos pacientes que utilizam este medicamento): 

  • Sonolência leve ou moderada durante o uso.

Reações raras (ocorrem entre 0,01% e 0,1% dos pacientes que utilizam este medicamento): 

  • Cardiovasculares: pressão baixa; dor de cabeça; palpitação.

Gerais devido o uso de antialérgico: 

  • Urticária;
  • prurido; 
  • Erupções na pele; 
  • Sensibilidade na pele quando exposta ao sol; 
  • Aumento do suor no corpo; 
  • Calafrios; 
  • Fraqueza; 
  • Choque anafilático (reação alérgica grave).

Gastrintestinais: 

  • Azia; 
  • Desconforto gástrico; 
  • Constipação; 
  • Náusea.

Geniturinários: 

  • Dor ao urinar; 
  • Aumento da quantidade de micções; 
  • Alterações no ciclo menstrual.

Hematológicos: 

  • Anemia hemolítica; 
  • Anemia hipoplásica; 
  • Trombocitopenia;
  • Agranulocitose.

Neurológicos: 

  • Visão borrada; 
  • Nervosismo.

Respiratórios: 

  • Espessamento das secreções brônquicas; 
  • Compressão do tórax; 
  • Desconforto nasal; 
  • Dificuldade respiratória. 

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento. 

Informe também à empresa através do seu serviço de atendimento.

Superdose: o que fazer se alguém usar uma quantidade maior de Alergomine do que a indicada?

Na ocorrência de superdosagem, o tratamento de emergência deve ser iniciado imediatamente. 

A dose letal de dexclorfeniramina estimada no homem é de 2,5 a 5,0 mg/kg.

As manifestações podem variar desde depressão do Sistema Nervoso Central como: 

  • Sedação;
  • Apneia (suspensão da respiração);
  • Redução do estado de alerta mental;
  • Colapso no coração;
  • Excitação (insônia, alucinações, tremores ou convulsões) 
  • Até morte.

Outros sinais e sintomas podem incluir:

  • Tontura;
  • Zumbidos;
  • Ataxia (incapacidade de coordenar os movimentos musculares);
  • Visão opaca;
  • Pressão baixa. 

Excitação, assim como os sinais e sintomas semelhantes à ação da atropina (manifestações no estômago e intestino, boca seca, pupilas fixas e dilatadas, rubor e aumento da temperatura do corpo), são mais observadas em crianças.

Tratamento

Considerar as medidas padrão para remoção de qualquer droga que não foi absorvida pelo estômago, tais como: 

Absorção por carvão vegetal ativado administrado sob a forma de suspensão em água e lavagem gástrica. 

O agente preferido para a lavagem gástrica, em crianças, é a solução salina fisiológica. 

Em adultos, poderá ser usada água filtrada; entretanto, antes de se proceder à instilação seguinte, deverá ser retirado o maior volume possível do líquido já administrado. 

Os agentes catárticos salinos atraem água para o intestino por osmose e, portanto, podem ser valiosos por sua ação diluente rápida do conteúdo intestinal. 

Após administrar-se tratamento de emergência, o paciente deverá permanecer sob observação clínica.

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível. Ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.

Apresentações do Alergomine

ALERGOMINE® Solução de 2 mg/5 mL

Frasco com 120 mL, acompanhado de copo medida graduado de 10 mL

VIA ORAL

USO ADULTO E PEDIÁTRICO ACIMA DE 2 ANOS

Composição do Alergomine

Cada 5 mL contém:

maleato de dexclorfeniramina.....2 mg

Veículos* q.s.p....5 mL

*sacarina sódica, sorbitol, aroma de laranja, aroma de damasco, álcool etílico, propilenoglicol, metilparabeno, propilparabeno, cloreto de sódio, citrato de sódio, mentol, ciclamato de sódio e água purificada.

Teor alcoólico: 0,5%

Dizeres Legais do Alergomine

Reg. MS 1.4381.0149

Farm. Resp.: Charles Ricardo Mafra CRF-MG 10.883

Fabricado por:

CIMED INDÚSTRIA DE MEDICAMENTOS LTDA.

Av. Cel. Armando Rubens Storino, 2750 - Pouso Alegre/MG CEP: 37558-608 - 

CNPJ: 02.814.497/0002-98

Registrado por:

CIMED INDÚSTRIA DE MEDICAMENTOS LTDA.

Rua Engenheiro Prudente, 121 - São Paulo/SP CEP: 01550-000

CNPJ: 02.814.497/0001-07

Comercializado por:

1FARMA INDÚSTRIA FARMACÊUTICA LTDA.

Rua Engenheiro Prudente, 119 - São Paulo/SP CEP: 01550-000

CNPJ: 48.113.906/0001-49

 

Indústria Brasileira

®Marca Registrada

SAC (Serviço de Atendimento ao Consumidor) 0800 704 46 47 www.grupocimed.com.br

Quanto custa o Alergomine?