01 Item

Produtos com o mesmo princípio ativo
Tamanho do texto
Tamanho do texto

Bula do Balsamo Bengue

Principio ativo: Salicilato de metila + mentol

Tenha cuidado, leia a bula, a automedicação pode colocar a sua saúde em risco. Só use medicamentos com orientação médica e/ou farmacêutica.

Para que serve o Bálsamo Bengué e para que é indicado?

Bálsamo Bengué é indicado para o alívio do reumatismo (grupo de doenças que afeta as articulações, músculos e esqueleto), das nevralgias (dor aguda que pode atingir um ou mais nervos), do torcicolo, das contusões e alívio das dores musculares.

Como devo usar o Bálsamo Bengué?

  • Bálsamo Bengué deve ser administrado 2 a 3 vezes ao dia sobre a região afetada. 
  • Evitar a aplicação em áreas muito grandes e a aplicação repetida.
  • Suspenda o uso em caso de irritação ou reação alérgica. 
  • Não usar em pele ferida ou mucosa. 
  • Este medicamento deve ser utilizado apenas topicamente.

Não faça curativo, não cubra, não enfaixe a área afetada. Se o fizer, pode aumentar o risco de efeitos colaterais.

Siga corretamente o modo de usar. Em caso de dúvidas sobre este medicamento, procure orientação do farmacêutico. Não desaparecendo os sintomas, procure orientação de seu médico ou cirurgião- dentista.

Como o Bálsamo Bengué funciona?

Bálsamo Bengué contém duas substâncias ativas: mentol e o salicilato de metila.

O mentol, quando aplicado na pele, dilata os vasos sanguíneos, causando a sensação de frio e, em  seguida, efeito analgésico.

O salicilato de metila, quando aplicado na pele, tem ação irritante e rubefaciente (vermelhidão na pele), além das ações analgésica (alívio da dor) e anti-inflamatória características dos salicilatos.

Quando o Bálsamo Bengué não deve ser usado?

Bálsamo Bengué é contraindicado em casos de antecedentes de hipersensibilidade a qualquer um dos componentes da fórmula.

Bálsamo Bengué também é contraindicado em casos de desordens de coagulação sanguínea, hemorragia gastrointestinal e hemofilia.

O que preciso saber antes de usar o Bálsamo Bengué?

Essa medicação é para uso apenas na pele. Não aplique nos olhos, nariz, genitais e tenha cuidado ao tocar essas áreas enquanto a medicação estiver em suas mãos. Lave bem as mãos após a aplicação. Não inalar.

Se você estiver utilizando algum anticoagulante (por exemplo: varfarina, cumarina), antes de utilizar Bálsamo Bengué consulte seu médico.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

Quais os efeitos colaterais e as reações do Bálsamo Bengué?

Reação muito comum (ocorre em mais de 10% dos pacientes que utilizam este medicamento): 

  • Ardência da pele.

Reação incomum (ocorre entre 0,1% e 1% dos pacientes que utilizam este medicamento): 

  • Irritação da pele.

Reação rara (ocorre entre 0,01% e 0,1% dos pacientes que utilizam este medicamento): 

  • Ulceração superficial da pele.

O mentol pode causar reações de hipersensibilidade. Raramente, foram relatadas a ocorrência de dermatite de contato, erupções cutâneas e urticária.

Pessoas com hipersensibilidade ao ácido salicílico estão mais expostas a efeitos adversos.

Não use este medicamento se a pele estiver quente, como por exemplo, antes, durante ou depois de atividades que aumentam a temperatura da pele (tomar banho em água quente, piscina, banho de sol, exercícios pesados), ou quando o tempo estiver quente/úmido. Espere até que sua pele tenha esfriado antes de aplicar o medicamento. O calor pode aumentar o risco de efeitos colaterais.

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe também à empresa através de seu serviço de atendimento.

Onde, como e por quanto tempo posso guardar o Bálsamo Bengué?

Manter a temperatura ambiente (15ºC a 30ºC). Proteger da luz e manter em lugar seco e fresco.

Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.

Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.

Bálsamo Bengué pomada apresenta-se como pomada homogênea, levemente amarelada, com odor característico, isenta de grumos e impurezas.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

O que fazer quando eu me esquecer de usar o Bálsamo Bengué?

Em caso de esquecimento de uma dose, utilizar assim que lembrar e continuar o tratamento normalmente.

Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico, ou cirurgião-dentista.

Superdose: o que fazer se alguém usar uma quantidade maior de Bálsamo Bengué do que a indicada?

A baixa absorção sistêmica do salicilato de metila e do mentol tópico torna a superdosagem muito improvável.

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível. Ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.

Apresentações do Bálsamo Bengué

Pomada

mentol 0,25 g/g + salicilato de metila 0,25 g/g

Bisnaga de alumínio contendo 20 g, 28 g, 40 g ou 60 g.

USO TÓPICO USO ADULTO 

Composição do Bálsamo Bengué

Cada grama da pomada contém:

mentol ….. 0,25 g

salicilato de metila ….. 0,25 g

excipientes* q.s.p ….. 1 g

* petrolato branco, parafina, lanolina.

Dizeres Legais do Bálsamo Bengué

Reg. MS: 1.0235.1067

Farm. Resp.: Dr. Ronoel Caza de Dio – CRF/SP nº. 19.710

EMS S/A

Rod. Jornalista F.A. Proença, Km 08, Bairro Chácara Assay Hortolândia – SP / CEP: 13186-901

C.N.P.J: 57.507.378/0003-65 INDÚSTRIA BRASILEIRA

SAC: 0800-191914

www.ems.com.br

SIGA CORRETAMENTE O MODO DE USAR, NÃO DESAPARECENDO OS SINTOMAS, PROCURE ORIENTAÇÃO MÉDICA.